Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

02
Mar18

primavera apressa-te o mundo precisa de Ti!

Carolina

 

2CB4D4FA-C2A1-4BBE-AF08-78272F3BC4B6.jpeg

 

 

Não durmo bem vai para 5 semanas, isto para não dizer 8 meses.

O meu cabelo é um ninho de ratos a maior parte dos dias. Como para esconder o cansaço, logo não emagreço e não me sinto muito feliz por isso. Não consigo ir ao Ginásio desde Janeiro. A minha roupa anda quase sempre entre o modo  desporto e o desportivo.

Trabalho em casa nas horas que devia estar a dormir, nas outras tento que a casa não se pareça com um circo assaltado por leões esfomeados.

Não me lembro da ultima vez que calcei saltos altos, me produzi para uma saída à noite com direito a dançar e alguns copos. Há dias que acho que a senhora da farmácia é a minha melhor amiga, é aquela que me pergunta como vão as coisas e não mora comigo. Há dias que o meu mundo sou eu, o instagram e o miúdo, outros há em que acho que não existo para ninguém.

Há dias há que nada mais faço que dar colo e mama. 

Há dias que seguro lágrimas outros em que nesta solidão maternal partilhada com um filho, rio muito. Há dias em que me lembro de quem gosto, mando mensagens, remeto saudades, mesmo que muitas vezes não tenha resposta. Há dias que me esforço para ser feliz, outros que me esforço para não ser um bicho zangado e rabugento, que só queria um sofá, um pijama, uma tarde de domingo, um café com as amigas.

Mas pronto, esta solidão é bem acompanhada, apesar de não conseguir ir comigo para as compras, o puto estar chato com os dentes, e me sentir inutil quando penso que tenho levado muitos dias em casa... 

Antes que me respondam ou digam. Eu digo a mim própria: ninguém me mandou ter um filho! Agora aguenta-te. Segura-te e não reclames muito! Aguenta-te e se pensares em ter outro, já sabes é assim em dobro e mais o factor surpresa, vai que vem um que para lá de não dormir, também não come...

Mas nestes dias onde muitas vezes me sinto miserável, a pior, a mais chata, a mais triste, e me esforço para entrar em contraciclo e olhar para o lado mais positivo das coisas. Paro e olho à minha volta e percebo que ao meu redor há sempre quem esteja mais rabugento, mal humurado, mal disposto e talvez até mais triste do que eu. Vamos assumir que a culpa é deste tempo.

Nestes dias penso, primavera, apressa-te este mundo precisa de ti.Este mundo precisa de rabugentos e mal dispostos felizes... Achas que podes ajudar-nos?

 

(by the way, antes que alguém, ouse pensar o contrário, amo o meu filho, muito mesmo, mesmo quando durmo. Mas confesso rezo todos os dias para que isso aconteça)

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D