Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

31
Mar14

questão de espaço?!

Carolina
entre a ausência do que quer que seja e todas as coisas, a uma área repleta delas, existe o problema de espaço! 
visual, emotivo, profundo, superficial, bi, tridimensional, único, comum, diferente, meio, teu, nosso, de todos menos de nós, de ninguém, vazio, oco, marcante, horrível, barulhento, silencioso....e por aí adiante.... 
continuaríamos  a descrever espaço que poderíamos observar, ou aquele com que sonhamos, ou nenhum , ou todos... e só o fazemos porque algures no que ele é encontramos a nossa existência, ou então a nossa presença na vida. 
fora dela um espaço maior, sim, costumo chamar maior a tudo o que não conheço, ao que não vejo, ao que nunca vou ver, ao que quero evitar, ao que tenho como certo.... 
fora da vida, fora da terra (nos dois sentidos da palavra) um escuro, ou uma luz, um quase tudo de universo um quase nada de definição de passagem...  
se pensarmos no espaço em que existimos, sabemos que ele acaba para todos os que não são astronautas, numa área atmosférica onde alguma avião que nos leve possa passar... 
conjecturando e analisando esta forma de subir para lá no chão e existir para lá do estado normal em gravidade sobre o nosso corpo, quando andamos de avião, balão, ou qualquer coisa que nos dá asas, vagueamos algures no único céu que sabemos existir- o céu deste planta, o céu que vemos... pintamos nos desenhos da escolha, recolhemos com as lentes das  nossas máquinas e guardamos junto das memórias com aqueles momentos, naquele espaço... 
na vida, no céu que vemos, cabem os que queremos mais, os amores dos dias, os amigos de todo um tempo, os melhores, os idolos, os mais queridos, os desconhecidos, os sorrisos de todos, mesmo aqueles que simpatizamos sem os conhecermos... e devíamos ficar por aqui... 
porque acredito que para lá do céu que vejo, do espaço que ocupo no todo que sou em matéria e em espírito, há espaço para o pior do que somos, para o pior dos outros, os ódios, vícios manias e rancores... longe do céu por onde passamos... há o inferno, porque nada será um inferno maior que deixar de viver... certo certo é que nesse inferno, (do qual não consigo descrever sua área, seu tamanho), pelo que sei, e às vezes pelo que me dizem o que não falta é espaço... tanto que se diz pelo universo que para  lá vão sem hipótese de fugas todos os que deixam de ver este céu...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D