Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

25
Abr15

liberdade

Carolina
liberdade é como uma sorte grande, mas maior... 
é escolher tratar de nós, dos outros, do mundo, é escolher poder viver o que se escolhe!
liberdade é correr por caminhos novos, voltar e repetir os antigos, é um som de abril que emerge nos corações que quem o sente no vento que passa, na chuva que cai. 
a liberdade é simples, sabe a ventos do norte e a brisas de sul...
liberdade maior é ser como sou, respeitar-me por isso, aprender a amar-me... liberdade é um amor maior, é escolher o que se ama, e amar, amar muito, porque pode o amor verdadeiro, ser errado, estar enganado? a liberdade diz que não... 
liberdade é ter as ideias de esquerda na cabeça, e ter na direita os melhores amigos, liberdade é discutir com Deus como se de um demónio se tratasse, mesmo quando se acredita nele. liberdade é cantar à desgarrada casa fora e sentir que se canta bem, mesmo que os vidros comecem a quebrar. liberdade é ir ao lixo de pijama, ir estrada fora com molas no nariz, e a cara pintada de verde... ou outra coisa qualquer...
esta coisa da liberdade é uma coisa que não é de medos, e quando os há, usa-os para caminhar em frente. 
é uma coisa de gargalhas sonoras, ou sorrisos simples, de silêncios cúmplices e beijos longos e cheios de saliva. 
liberdade é dizer,  é fazer, é ser... ser pessoa, ser do mundo. pegar na mochila, ir pelo caminho e ter a sorte de escolher alguém para o caminhar, e ter a sorte de ser escolhido para o fazer... liberdade maior é este mundo que nos espera, nos encontra, pelo qual entramos todos os dias sem pedir licença... e que bom que é ser do mundo e respirá-lo, livre de amarras e censuras, ditaduras politicas, sociais, de griffe ou imagem... que bom que é sonhar livre... e poder dizê-lo...

todos os dias travo batalhas para ser livre, na minha cabeça, ao meu redor, fora e longe de mim... todos os dias dou graças e admiro todos os que em revoluções pequenas, grandes, politicas, pacificas, rebeldes e sofridas se libertaram, e ajudaram a libertar os outros... encontraram caminhos, construiriam laços...
não sei se é verdade, mas hoje tenho para mim que a liberdade é uma mulher, a quem não importa a existência do útero, a missão de procriar, a função de cuidar do lar, a forma como quer amar, a escolha de ter uma carreira, de ter os filhos numa creche até às nove, ou abdicar de tudo para estar com eles... tenho para mim que é uma mulher que podia ser um homem, a quem importa o ser!
tenho para mim que apesar das amarras e prisões deste mundo global, sou uma pessoa de sorte, uma pessoa de braços abertos para o mundo, para o amor que ama, sou uma pequena amostra de liberdade... 
obrigada ao Abril do meu país, obrigada pessoas deste Abril, pelo contributo!

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D