Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

02
Out13

dias, rotina,descanso, sinónimos e contrários

Carolina
a nossa espécie revela poderes e capacidade incríveis como pensar, sentir e mudar... esta ultima intimamente associada ao desenvolvimento que foi alvo e ao animal racional fazedor de coisas em que nos tornamos, muitas vezes me faz pensar... 
no passado precisaria o homem te dias grandes, de tempos livres, de rotinas para não faltar ao ginásio  aos compromissos, de anotar em agendas a época das chuvas ou das colheitas, talvez não... como se chamariam os empregos, os horários, as refeições... o próprio tempo?
esses homens e mulheres do passado seriam ricos, sábios  diferentes ou conformados, ou simplesmente pessoas a viver ao sabor das expectativas do mundo, que sendo outro, espera outras coisas, que as que não espera de nós?
os dias andam ao sabor de um relógio diferente em cada canto da sua passagem, e as pessoas, diferentes, giram com ele, de formas tortas, dando sentido às diferenças que procuramos encontrar nas nossas viagens. 
os dias normais,tantos, sinónimo de coisas para fazer, do tic-tac do relógio, do que os outros pedem, do que fazemos, do que queremos fazer, do que fica por fazer. puta da rotina dos dias comuns, que só existe para sairmos dela; que existe para que encontremos motivação nos seus contrários, contrariemos os seus sinónimos e todos os dias, com a mesma força de um rotina, nos inspiremos na vontade de contrariar a normalidade, e chamar a esse contrario, o passar por lá de uma nova viagem... aquela que dá descanso á rotina, que tem piedade da mecânica das actividades físicas repetidas, e nos põe a correr para buscar nos lugares desconhecidos as rotinas dos outros e calmamente desfrutar do prazer de nelas não existirmos. 
estes são os dias, do contrario, em que o normal ganha sentido, e nada mais é que o meio de chegar a eles, os dias em que as rotinas se alteram e significam diferença e o nosso descanso é correr para um mais além diferente do passa por lá de mais um amanhã como o de hoje...

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D