Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

25
Out13

de fora para dentro de nós

Carolina
não somos nada longe da pertença ao mundo, as regras, as normas, a psicologia comportamental que traça tantas vezes o certo e o errado que se sobrepõe ao que realmente queremos, perseguem o nosso respirar ao som de um tic-tac constante.
esta pertença sem balanço faz de nós pessoas de essencia deseiquilibrada, mas este balanço sem parte do que somos realmente não faz sentido absolutamente nenhum.
há espaços no nosso tempo em que entre saltos e quedas chegamos a um pleno sentir que estamos bem, e que com tudo o que não está plenamente no lugar mais tudo o resto estamos felizes... os sorrisos saem, as coisas menos boas são só coisas, e tudo se soprepõe a elas. invadenos a certeza que queremos ser assim, estar assim, seguir assim e que somos capazese de encontrar solução, remendo ou pensamento certo para o que estiver para vir. invejo-me a mim propria quando me sinto assim, e comtemplo a capacidade que os outros que passam por mim por estes momentos tiveram em dar-me parte do que sinto, olho para cima e sinto a sorte, sorte de ser, ser como sou, sorte de estar aqui e agora e de os outros quererm estar comigo, de permanecer no tempo com o que quiser permancer comigo, com  a saude, a familia, o amor, a paz de espirito e tudo o resto.
descobri há poucos dias que quando se experimenta estado semelhante, o nosso corpo, ou parte dele deve emitir certos sinais ao universo de forma geral, ou então deve enanar um cheiro diferente...
o meio onde estamos, os grupos, as pessoas com que nos cruzamos nao recebem esta energia da mesma forma, e de um momento para o outro, parece que tudo conspira para que dentro de nós esteja um problema que não temos, surja uma preocupação que não existia por falta de sentido, e todas as vozes se juntam para banir o que sentes de melhor e te apresses a olhar para algo que eles estão a ver e que é de certo um problema.
existir é desafiante, temos uma mente, temos o nós, o nosso corpo e temos os outros, estar em perfeito balanço com tudo numa passagem onde o que temos de mais certo é a impermanecia é um exercicio que nem sempre ultrapassamos com dificuldade.
o que vem de fora na maior parte das vezes, abana, faz nodoa negra, faz tremer, duvidar, olhar para as coisas de outras formas, mas o que fica lá dentro no lugar que queremos e principalmente no lugar do que sentimos é o que escolhemos lá colocar... esta escolha ou decisão é a marca que faz de nós únicos, raros, pensadores capazes de mover o mundo com as suas proprias ideias, e resolutos, num mundo onde o que está cá fora é de todos, mas o que está cá dentro para lá de nosso é de quem quiseremos que po lá passe, e fizermos questão de que por lá fique....
continuar a estar feliz é seguir o caminho que mais nos interessa com a energia de quem nos apoio, na debilidade, na doença, na cura, na recuperação, no progresso, no crescimento, na felicidade, em todos os momentos...

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D