Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

25
Abr07

Igual a tantos

Carolina
Que ninguem me diga que não me esforcei, que não fui trilhando cada passso desta estrada sempre à espera que ela não fosse igual a todas as outras...
Que ninguém me acuse porque me esforcei sempre para não sentir esta dor, para não descobrir que o igual a tantos é, afinal, mesmo assim...
O Choque das palavras nunca traduzirá os meus esforços, nunca será capaz de ditar cada traço angustiado que chegou a mim veloz como um raio de luz, nunca será forte o suficiente para espelhar parte do que se sente quando se descobre que afinal és também assim, igual a tantos.
Não sei bem de onde vem esta dor, se foi por teres deixado as minhas palavras, pedaços do que sinto assim expostas como qualquer página de um livro meu, o livro da minha vida ou por elas passarem a ser mais do que eu, para serem de ti para alguém...
Não sei bem o que foi, nem o que sinto, nem o que me mostra que és igual a tantos, assim deixando caido por terra este meu altruísmo em te sentir diferente, só sei que agora tenho vontade de queimar todas estas palavras que escrevo hoje e sempre aqui, pena que não posso simplesmente fazer isso, pena que elas sejam parte do eu que sou, pena que não tenhas percebido isso, apetece-me acabar este passa por lá, queima-lo bani-lo, não fosse ele a minha própria passagem...apetece-me tanto continuar a sonhar que afinal não és igual a tantos, apetece tanto tentar andar em frente sem para ou chorar, apetece-me conseguir, apetec-me sei lá ficar assim, na iminência de mais uma vez perder o chão...apetece-me aguardar o amanhã, o mesmo sol e a mesma lua e depois pensar no que fazer com esta dor que sinto e quem sabe, voltar a tentar passar por lá...
Até lá continuas assim, IGUAL A TANTOS!!
P.S: parabéns aos que conseguem manipular as emoções dos outros, parabéns ao que infantilmente pensam que vencem...parabéns pela patetica burrice que só também só a levou a, no final de contas...ser IGUAL A TANTAS OUTRAS e nada mais que isso, e já agora Obrigada!, em vez de cortar amarras só as solidificas-te...

2 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D