Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

09
Abr14

diz que o V costuma ser de Vitória!

Carolina
não importa se devia estar na escola, e estou por aqui a vender postais de má qualidade aos turistas. 
turista que se não compram tiram uma photo e levam a minha imagem para um longe que não sei onde fica, muito para lá da noção de distância que por não ter ido à escola não cheguei a conhecer. 
um ou outro vão pagar uma coca-cola, fazer uma a outra pergunta, barafustar para não o incomodar, vão falar com sons que não conheço e palavras que não decifro.
farei o meu olhar de pedido, um outro sorriso malandro, um gesto de procura, e mostrarei a beleza das imagens dos postais do meu país, de alguns lugares onde já fui, mas não pareciam assim tão belos, e de outros que nem sei se existem... 
na confusão de todos estes dias iguais, vou andando por aqui, na companhia dos primos, amigos e outros, que em disputa querem o máximo de moedas a troco das imagens estampadas em papel...espero que não chova, não gosto dos dias que chove, tenho de correr para fugir dela, e os turistas não param para fazer photos ou contemplar o verde da paisagem. 
nesta rota diária sempre igual, entre uma e outra brincadeira e o trabalho  das moedas, aprendi um gesto que qualquer pessoa entende, até os louros e brancos que não sei como aguentam este calor, um gesto em que os dedos fazem um bico, e faz rir quem me olha, os meus companheiros fazem igual, fazemos todos, e sorrimos, como se fosse um hino que nos mostrasse como somos. 

um V com os dedos, ou de um bico dos mesmos, costuma ser de Vitória! 
um V de vitória, feito com as mãos, não têm língua, ou som, é uma universalidade da comunicação gestual... existe, persiste, despoleta nos demais reacções e pensamentos. é um V, faz-se com as mãos. 

sei que é de vitoria, rio ao tirar a photo, questiono-me  ao ouvir o disparo - saberá ela o que faz com os dedos, como se dirá vitória na sua língua, em indonésio?
será que o seu gesto e reflexo do que sente, ou simplesmente aprendeu, que aquele V, de nada, de  expressão de dedos, ou de vitoria, faz viajantes como eu comprar-lhe os dez postais... pelo dobro do dinheiro que me estava a pedir? 

o v costume ser de vitória...costuma ser, esperamos que seja sempre ... 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D