Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

09
Set17

Dias de passeio!!

Carolina

21585473_10213514714518776_1359754808_o.jpg

 

As primeiras saídas com o bebé são sempre desafios. 

Sair sozinha, ou em casal com ele, implica sempre uma logística e disponibilidade mental. 

No inicio para as mães que amamentam, é preciso definir mentalmente a estratégia do momento em que se alimenta a criança, do que é necessário e ainda o facto de não existirem limitações com alguma exposição que possa acontecer. Para quem dá formula, a logística necessária aumenta e necessitamos de assegurar que há condições necessárias para fazer o leite. 

Em todos os casos há um mochila de coisas para levar, quando se sai de casa. (fraldas, fraldas de pano, compressas, toalhitas, a chucha preferida, uma outra, muda de roupa da criança, muda de roupa para a mãe, mantinha.... e a esta altura uma pessoa quase que perdeu a vontade ou a hora de sair de casa...)

Dizem que muitas vezes nos primeiros meses as mães não sentem vontade de sair,  sendo necessário todo um esforço para que tal aconteça. O cabelo, as olheiras, a falta de tempo para tratarmos de nós a roupa que ainda não serve, somam-se ao sono, cansaço e a toda a adaptação dos primeiros tempos como mães.

Não sei se por ser verão, ou por outro motivo qualquer, comigo aconteceu o oposto

Ainda não tinha o Xavier três semanas e contra as indicações do médico, tive de sair para um almoço rápido, para ver pessoas e respirar ar puro.  Estava em pulgas para sair de casa, mesmo que rapidamente percebesse, que sair agora demorava bem mais que o costume. O meu cabelo horrivel e crespo, foi apanhado, e por lavar, um duche rápido,vesti um macacão dos tempos de grávida que miraculasamente  tinha abertura para facilitar a amamentação e lá fomos nós. 

De lá para cá em casa, sozinha com ele ou com amigas, temos dado os nossos passeios, sendo cada vez mais fácil agilizar tudo. 

Se não me faz confusão sair, confesso que por vezes há lugares muito barulhentos, muito cheios  ou muito quentes onde não me apetece ir ou ficar muito tempo. Tenho procurado lugares tranquilos e sair em horários menos agitados, o acho que me facilita a mim e ajuda o puto a não ficar louco com demasiados estímulos. 

Um dos lugares onde vamos muitas vezes é a Ericeira. Geralmente durante a semana. Conseguimos ver o mar, sentar-nos numa esplanada na praia ou no centro da vila, almoçar tranquilamente e dar uns passeios respirando ar puro. 

No dia em que o Xavier fazia dois meses fomos até lá. 

Conseguimos almoçar perto das três da tarde, coisa que há uns anos seria impossível no oeste (esta é uma das coisas boas que se pode agradecer ao turismo), passear sem muito calor e muito vento, o Xavier fez a sua sesta no carrinho, enquanto andámos por ali, tranquilamente. Amamentei no restaurante, mudámos a fralda num sofá, tudo sem dramas, o que nos fez regressar a casa já no final da tarde, bem tranquilos depois de momentos agradáveis. 

Por no ovo, tirar do ovo por no carrinho, e tudo ao contrario de novo começa já a ser rotina e em dias bons já não nos custa nada, é mais um detalhe mecanizado no processo de sair de casa em família. 

Sem dúvida que a Ericeira acaba por ser um bom local para estes passeios, é uma vila sem muitos declives, o asfalto é bom, tem uma espécie de passeio com vista para o mar, onde facilmente se deslocam carrinhos, bicicletas e pessoas a pé. Raramente faz um calor abrasador, porque o vento, ou a brisa do oeste, não deixam que o sol queime sozinho. Muita oferta de restauração, simpatia e uma abertura das pessoas para outras culturas. Torna-se sem dúvida uma boa escolha para passeios em família. 

Desta ultima vez, fomos ao GIG e depois ao Pãozinho das Marias , fizemos um brunch saudável para depois ir aos pasteis de nata (para manter um equilibrio), mas vamos muitas vezes ao Terra e Mar, comer um arroz de marisco descascado, ao Mar à Vista ou ao peixe ao Tia Matilde, quase todos sempre com toalha de papel na mesa e serviços despretensiosos, mas com boa comida e simpáticos no que trata receber carrinhos de bebés. 

O que falha quase sempre: muda fraldas. Nem sempre se encontra, mas existem sempre lugares como a esplanada de Ribeira de Ilhas onde ficamos muito fora das horas de calor, que têm todas as condições necessárias para receber bebés, mas onde podemos esperar uns 40m para ser atendidos, porque o ritmo do serviço é como o das ondas, leve, levezinho.

Depois cá em casa adoramos a Ericeira, desde aos prédios pitorescos, os lugares novos cheios de estilo, os lugares antigos que guardam as características saloias das gentes do oeste, a paisagem e o mar. 

Há alguém que vai tentando convencer-me a ir viver para lá, mas sou bastante feliz com os nossos passeios e na realidade a Ericeira não é assim tão longe.  

E continua sempre como uma boa escolha, para os nossos dias de passeio! 

 

 

21584128_10213514717838859_16186023_o.jpg

 

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D