Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

02
Jun17

Agora Sim... está quase!!!

Carolina

Há dois meses a conviver com a minha bola gigante favorita. 

Há dois meses, a ouvir expressões como: 

- está quase? são gémeos?

 

de senhores das bombas de gasolina, de senhoras que não conheço de parte de nenhuma, pessoas que passam na passadeira, conhecidos que por acaso se cruzam comigo na rua. 

 há dois meses, a responder:

- não, não são gémeos e não não está quase... (entre um sorriso amarelo ou um olhar 33)

 

seguem-se as perguntas de quando é, e parvoices, de quem não sabe o que dizer a uma grávida, ou acha que sabe tudo sobre gravidez. 

Os meus olhos transparentes e a minha expressão refletem a minha falta de vontade de dar expicações a quem não tem mesmo nada a  ver com o assunto, mas entre uma e outra pessoa, aparece alguém a quem retribuo com simpatia a preocupação ou os desejos de felicidades. 

Estar grávida é estar sensivel para o bom e para o mau, é ter a capacidade de responder na hora e de nos defenderemos. Dizer o que pensamos ou deixar os outros a falar sozinhos.

Niguém adora estar gigante, ainda mais com o calor, suar, ter preguiça, ou querer fazer coisas e saber que fisicamente as mesmas não são recomendavéis. 

Ninguém quer ouvir um senhor desconhecido a insinuar que estamos gigantes, a opinar sobre o tamanho do nosso filho a especular sobre o nosso corpo.

Já bastam as opiniões sobre a roupa, o berço, o parto, o choro, a creche, o diabo a quatro... que vem de todo o lado... ainda temos de responder a estranhos sobre o facto de a nossa barriga ter crescido ou não. 

Situações á parte, confesso que algumas vezes fiz de conta que não ouvi e deixei outras pessoas literalmente sem resposta... 

Posso finalmente dizer, com os olhos, a barriga, o corpo todo, sim está quase. 

O meu menino pode nascer quando ele quiser, estamos à espera dele... 

Posso seguir e continuar a não me importar com o que pensam, o que dizem, o que acham...

Chegou o nosso tempo, o tempo de sermos pais do nosso filho. 

O filho que encherá a nossa vida de cores que não conhecemos, de momentos estranhos, desconhecidos, medos, alegrias gigantes e de um amor que já transborda...

Está quase... 

Olhamos em frente e sabemos que ele está quase a chegar... 

O filho que vai fazer de nós pais, mesmo que depois venham outros! 

E a proposito, obrigada por todos os votos da "hora pequenina", mas diz a ciência que é melhor que seja para o grande, o meu fanico agradece e chegará um pouquinho mais adaptado!! 

 

FXE24562.jpg

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D