Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Passa Por Lá

Passa Por Lá

31
Jul08

23 (....)

Carolina



O dia e a noite em que descobri que tanta sensualidade e suavidade nada mais eram que a sombra duma imaginação, um pedaço que não se vê, e que sente dificuldades em existir de verdade, passei a sentir-me doce como o emaranhado de hidrogénios que agitados formam teimosamente o sol, solta como o reflexo da lua cheia, quente como todas as pintas do meu rosto...
O dia em que descobri que a incognita do teu pi era um sorriso que nunca foi para ti, abri o meu, atravessou-se no meu rosto de orelha a orelha, pintando de novo o meu jeito unico e mimado misturando-o com o leve tom de verde-água que carrega toda a esperança da humanidade. Dia sideral em si mesmo, fora desta orbita, desta terra, dentro de mim, 23horas, 56 segundos, 4 segundos e 9 centesimos, perfeitos no seu todo, incompletos na sua soma... O dia em que sobra o imperfeito para se transformar na nova manhã.
Nesse dia, contra a lógica das indefenições e os eternos arredondamentos numéricos imisciveis, ficou no ar o cheiro a terra molhada, ficou o ar revolto nos meus caracois e meu respirar de liberdade ... olhei o equinocio desta primavera lá fora, sem mais ninguem o conseguir encontrar...
Um dos 23 deixou de ser um ponto para num sopro serem três, alinhados e seguidos... ou seja, eu de novo, com o jeito do costume, eu ( com as reticências do que sou).
Fosse eu paranoica e continuaria a enunciar a perfeição de cada um dos meus sorrisos, o frescor de cada uma das minhas lagrimas e certamente chegaria sempre a incognita do 23 que todos somos, prefiro ao invés, ser assim de passagem a perfeita harmonia da certeza do que sou agora, e já não sou depois de o escrever, prefiro soltar um gargalhada na descoberta momentanea de ser tão pouco e mesmo assim ser.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D